Conteúdo que te movimenta.

Se você sabe ler inglês e não faz isso, você está VACILANDO!

ler-ingles-vacilando

Desde os 5 anos mexo no computador. Gamer e nerd desde pequenininho.

Além de ter uma ótima mira no Counter Strike e conseguir digitar mais rápido que um escrivão judicial, eu aprendi outra coisa maravilhosa.

Inglês.

Não precisei de cursinho e ainda ganhei o benefício de matar todas as aulas de inglês no ensino médio.

Mas a melhor coisa que aprender inglês me trouxe não valeria nada se eu não soubesse o que eu vou te ensinar agora.

Só viajei pra fora duas vezes: uma vez o inglês foi útil, e na outra só o portunhol salvou.

Se não fosse por essa viagem e isso que eu vou te ensinar agora, honestamente o inglês não teria feito tanto diferença na minha vida.

Você deixaria uma Ferrari na garagem?

Meu caro leitor, se você tem uma Ferrari (me chame para passear) e deixa ela na garagem, você é um BOBO.

E se você sabe inglês e não faz isso que eu vou te falar agora, você é BO… não, você não é bobo.

Você só nunca pensou nisso, né? Eu felizmente tive alguém pra me dar essa luz, igual você está tendo agora.

É o seguinte: há uns 6 anos eu não faço nenhuma pesquisa em português. Pesquisar em inglês se tornou um hábito tão forte que esses dias fui procurar o site da receita federal procurando em inglês (oops).

Mas por que você só pesquisa em inglês, seu antipatriota?!

Eu amo o Brasil. Conheço gente (pela internet) do mundo todo, mas a galera mais gente boa… é a gente.

Mano, fala sério. A capacidade do brasileiro de fazer piada e meme com TUDO sempre me fascinou.

A gente tá tão acostumado com mil tretas e problemas que em vez de ficar triste, a gente faz humor.

Mas uma coisa não tem como negar: o Brasil é MUITO atrasado em conteúdo na internet. Mas é MUITO, MUITO, MUUUUIITOO atrasado.

De vez em quando faço umas pesquisas em português pra confirmar minha teoria, e saio triste. Triste, mas feliz. Mas triste.

Triste porque a maioria das pessoas não sabe inglês, e dos que sabem, poucos têm o hábito de pesquisar em americano.

Então a gente tá consumindo conteúdo porqueira.

Eu já trabalhei com SEO (posicionar sites no Google) e te afirmo que a maioria dos sites que estão no topo só estão lá porque o dono fez umas otimizações bacanas, mas o conteúdo é quase sempre escasso em valor.

Pelo menos comparado com o mesmo conteúdo lá fora.

E que tipo de conteúdo você consome?

Todo o tipo. Eu sou viciado em estudar (embora deteste escola e faculdade).

Infelizmente nosso sistema de ensino é uma [email protected], completamente ultrapassado. A gente aprende muito pouco do que presta e muito do que pouco presta.

Lembra quando você era novinho e falava: “mas pra que eu tenho que aprender como funciona a célula se eu nunca vou usar isso?”?

VOCÊ ESTAVA CERTO! Você nunca vai usar isso. Nosso sistema precisa de uma reforma total, mas isso é assunto pra outro post.

Só falei isso pra deixar claro que associamos estudar com algo ruim porque o que somos forçados a estudar é de fato um saco.

Voltando pela minha paixão por estudar… Meu cronograma compreende 4 horas diárias de leitura. Sem contar que eu sou curioso pra caramba, então tudo que é interessante, eu tô lendo.

E até hoje só achei três coisa que o conteúdo em português é melhor:

  • regras ortográficas de português,
  • corrente de aumento do preço das multas de trânsito,
  • memes – a gente é muito bom nisso.

Meus assuntos preferidos são psicologia (persuasão, linguagem corporal, neurociência, subconsciente), marketing, vendas, negócios online (business, money, $$) e copywriting.

Não sabe o que é copywriting?

Me impressionaria se você soubesse. E não é sua culpa.

Quando eu descobri o que era copywriting (lendo blogs de fora, claro) fui checar como era essa área no Brasil, e… uma PORCARIA!

Conteúdo super escasso, galera super mal preparada. Existem algumas empresas disso no Brasil (não vou citar nomes) mas são horríveis e formam profissionais mal qualificados.

Copywriting é redação. Copywriting é você pegar palavras e transformar em dinheiro. É uma das habilidades que mais dão dinheiro, inclusive.

Sabe quando você entra numa página de vendas de um produto, curso ou serviço?

Aquele texto que está lá se chama copy. Se foi feito por um bom copywriter, ele foi meticulosamente pensado e arquitetado para convencer o leitor a comprar.

Cada palavra e headline (manchete) foi escrita e re-escrita centenas de vezes até encontrar aquelas que mais geram vendas.

E ah, caso você esteja se perguntando o porquê de eu saber disso: eu vendo coisas online. Eu adoro fazer dinheiro sem ter chefe e sem ter que sair de casa.

Se você também adora, deixa um comentário aí que talvez eu comece a escrever sobre isso.

Pode tentar googlar “como ganhar $$ onlaini” e você vai ter o tanto de porcaria tentando te vender curso. Por favor hein, se eu for escrever sobre isso vai ser conteúdo de verdade.

Um dos motivos de a economia brasileira estar do jeito que está é o fato de que as pessoas são PÉSSIMAS em vender – a gente até associa vender com coisa ruim.

Infelizmente o que mais tem é gente fazendo promoções enganosas. Eu ODEIO os “Estra Supermercados” – talvez eu tenho escrito errado, não quero ser processado.

Toda vez que vou lá tem alguém com microfone fazendo suspense, dizendo pra galera CORRER e aproveitar a promoção.

Lembro até hoje um dia que esse cara ficou nervosão comigo.

Ele tava anunciando uma super televisão de R$2.500 por R$1.600. Pensei “caral#0, que super promoção!”.

Mas como não sou besta nem nada decidi googlar e, no próprio site do Estra a mesma televisão estava por R$1.200. Eu falei isso com o cara e ele fechou a cara e diz “compra lá então”.

O que eu quero dizer é que o marketing e as vendas no Brasil infelizmente são bem [email protected] (ainda não decidi se vou falar palavrão aqui, portanto vamos censurar).

A galera quer meter a faca, e pra justificar o preço fazem essas promoções em vez de melhorar a qualidade.

O que eu quero dizer é…

Se você sabe inglês, por favor, crie o hábito de pesquisar em inglês.

Quora e Reddit são sites excelentes (acho que tem a versão em português, mas evite-as) pra tirar vários tipos de dúvidas e aprender coisas interessantes.

Esse aqui por exemplo é um dos melhores. A galera faz perguntas e o pessoal explica conceitos complicados de maneira simples. Tem muito especialista lá dando aula de grátis.

E os blogueiros americanos são muito bons também.

O nível de conteúdo de modo geral lá é muito alto, então isso estimula a competitividade por audiência entre eles – o que faz com que o nível aumente cada vez mais.

(Se você tiver interesse em alguma dessas áreas que eu gosto, pode perguntar que sei vários blogs muito bons)

E se você não sabe inglês, cara, aprenda.

Existem vários cursos aí na Internet que ensinam inglês de forma fácil e são baratinhos.

Não importa sua idade: se você quiser você consegue aprender. Se quiser indicações de curso pode pedir também, sei alguns muito bons.

FALA COMIGO, POR FAVOR!

Nessa vida de trabalhar de casa, a gente acaba ficando meio solitário.

Junta isso com o fato de eu ficar cada vez mais indignado com a falta de conteúdo decente + a multidão de “vendedores” de tijolo (leia-se vendedores mal preparados) na Internet, decidi começar a escrever meu próprio blog.

Escrevo em blogs para outros projetos, mas esse é diferente.

Vou escrever pra ensinar, pra compartilhar alguns pontos de vista, pra ajudar a galera que quer abrir negócio online, a galera que quer aprender mais sobre marketing, vendas, psicologia, piadelas… rs… rs…

Tudo que eu sei, a partir de dezenas de livros e dias e dias de estudo, vou mastigar e colocar bonitinho aqui pra você.

Então, se você gostou dessa ideia, me dá um alô.

Dá um like, deixa um comentário, manda um e-mail. Sei lá. Mostra que você existe e me fala sobre o que você quer ler.

Vamos tentar se ajudar, se ensinar e deixar a galera cada vez mais capacitada pra ganhar dinheiro sem ter que seguir esse fluxo de faculdade pra entrar em mercado saturado e ganhar mal (leia-se administração, direito, algumas engenharias… você sabe do que eu tô falando né?).

Aprender o tipo de habilidade que eu quero ensinar é a melhor forma de saber fazer dinheiro sozinho e não precisar de chefe.

Já prestei consultoria de desenvolvimento de software, consultoria de marketing digital, hoje trabalho com cursos e outros produtos.

Sei outras mil formas de ganhar dinheiro, mas pra eu passar isso pra frente, preciso ter gente pra ensinar né?

Não quero escrever pras paredes e nem quero ter que ligar pra minha amada avó e pedir pra ela dar like nas minha coisas.

Então, se você quer conteúdo do bom, conto com você! 😉

 

bjs e até + (assim espero)

 

 

Entre para o clube secreto e aprenda a imprimir dinheiro (ou algo parecido)
CUIDADO! Ao clicar nesses botões você pode acabar me ajudando imensamente.

Pronto. Falei. Agora é sua vez: